sexta-feira, 14 de abril de 2017

Além de 1984




Estamos como em 1984?
Estáticos curvados ao Grande irmão 
Há um crime de ideia
Renovar a sua mente
Nos informamos para nos enformar
Criamos a nossa Oceania
Punimos quem pensa diferente
É inimigo pensar diferente
Vivemos a revolução dos bichos
Mundo Orwelliano
Quem foge os padrões 
Há um caça constante em telas
Cruéis jogos reais de guerras...!
Mortos que se movem
Mortos estáticos ao chão
Formar deserto é a regra
Destruir por destruir
Legado de dores, horrores!
Renovar nossa mente
Precisamos urgente!
Estamos todos doentes
Negar a si mesmo, preço a ser pago
A porta é estreita!
Se passarmos por ela acharemos pastagem
Somos frágeis ovelhas
Cheias de carrapiços em busca de um aprisco
Onde não se mata
Rouba ou se mente
Há muitos lobos.... com peles de ovelhas
Só haverá um novo céu uma nossa terra
Quando nos tornamos pequenos irmãos
Quem sempre foi Grande se fez pequeno irmão
Gostava de ser visto e ouvido não como Deus
E sim como Filho do homem
Exemplo para toda terra.